Consórcio Brasil Central articula acordo de cooperação técnica com Sudeco

Consórcio Brasil Central articula acordo de cooperação técnica com Sudeco

O objetivo é formular projetos em parceria para promover o desenvolvimento da região 

Com o objetivo de atender as demandas da região central do país, a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) do Ministério de Interação Nacional busca estreitar a comunicação e articular parceria técnica com o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC). Durante o mês de julho, representantes das duas entidades se reuniram para apresentar projetos e levantar demandas. No mês de agosto, há pelo menos duas reuniões agendas.

Durante reunião realizada em 26 de julho, representantes discutiram sobre concessão de benefícios e parcerias técnicas

Apesar das ações da Sudeco serem voltadas para a região Centro Oeste, o Secretário Executivo do BrC, Leonardo Jayme, afirma que a aproximação entre a Superintendência e o Consórcio poderá trazer inúmeros benefícios para a região dos entes consorciados. Durante a última reunião, realizada em 26 de julho, alguns pontos de discussão foram levantados, como a concessão de benefícios fiscais – hoje oferecidas a estados das regiões norte e sudeste por outras duas superintendências do ministério – e formas da Sudeco oferecer apoio técnico ao BrC para a definição de áreas estratégicas para a distribuição e uso do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) e Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO).

O encontro foi conduzido pelo Diretor de Planejamento e Avaliação, Roberto Postiglione, e pelo Diretor de Implementação de Programas de Gestão, Edmilson Alves, ambos da Sudeco. Na ocasião, os representantes apresentaram os projetos que estão sendo desenvolvidos, os que já foram realizados e os que estão sob análise. Com essas informações, a equipe da secretaria executiva do BrC está analisando de que forma os projetos do Consórcio podem agregar aos já desenvolvidos pela Sudeco.

Além do Secretário Executivo Leonardo Jayme, a Diretora de Projetos, Gilsa Costa, e os líderes do escritório de projetos do BrC participaram da reunião

Passos para o acordo

Ainda há um caminho a ser percorrido para que um acordo entre a Superintendência e o Consórcio seja construído e firmado. No mês de agosto, os representantes das duas entidades irão continuar debatendo formas em que as instituições podem se auxiliar na produção e execução de projetos. Após essa fase, caso haja consenso entre as duas partes, o acordo começa a ser desenhado.